• THE BLEST +

Estágio aos 40: profissionais voltam a ser estagiários para recomeçar no mercado de trabalho :)

Fabíola Sereda de Almeida(foto1) está recomeçando sua carreira aos 47 anos, depois de ser demitida após anos de trabalho na indústria farmacêutica. Ela aproveitou o período desempregada para repensar seu futuro profissional e retomar um sonho antigo de trabalhar como pedagoga. Fabíola fez magistério quando adolescente e agora está cursando pedagogia.


Na esperança de conseguir seu primeiro emprego, ela voltou a ser estagiária 30 anos depois.

Mesmo se sujeitando a ganhar menos que um salário mínimo de bolsa-auxílio, que nem se compara, segundo ela, à remuneração do antigo emprego, Fabíola diz que quem faz estágio mais velho precisa pensar a longo prazo, pois é uma chance de ser efetivado na empresa ou de acrescentar experiência ao currículo.


Assim como Fabíola, o perfil dos estagiários mais velhos é basicamente de pessoas que já têm uma profissão, mas sem formação superior, e que decidem fazer a graduação e tentar uma nova carreira. Também é comum que mulheres acima de 40 anos que interromperam a carreira para cuidar dos filhos ou não tiveram tempo nem renda para estudar antes busquem uma graduação tardia e ingressem em programas de estágio na expectativa de conseguir depois um emprego na nova área.

_ - - - - - - - - - - - - - -

O perfil do estagiário acima de 40 anos é de quem quer uma segunda carreira. Ou descobre que tem um dom, mas por força da necessidade fez outro curso. É uma oportunidade que a pessoa se dá pra fazer uma nova faculdade.


No caso de Fabíola, a crise foi o empurrãozinho para que ela buscasse a tão sonhada realização profissional, adiada porque a carreira acabou tomando outra direção.

“A vida dá voltas. Tive que ficar desempregada para descobrir que minha vida é o magistério. Eu nasci para isso, é o que eu quero de agora em diante”, diz ela.




#agenciamais40 #estagiotec #orgulhoeavante #licaobrasil


Fonte: G1

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo