• THE BLEST +

Está acontecendo isto | mesmo que pouca mídia divulgue

Após os Estados Unidos retirar suas forças militares do norte da Síria, na sexta-feira o governo turco iniciou um ataque aéreo na região que abriga milhares de curdos, uma minoria étnica de 35 milhões. O grupo busca a existência do próprio país - o Curdistão que abriga áreas do norte da Síria, Sul da Turquia e partes do Iraque, Irã e Armênia.


Em resposta, a Síria mandou 300 projéteis para atingir áereas do sul da Turquia, deixando 18 mortos e 100 feridos, todos civis. Até agora, 21 pessoas em ambos os lados.


Na luta contra o DAESH, Estado Islâmico na Síria, os curdos passaram a comandar uma vasta área no país, mas agora o domínio está ameaçado pela ofensiva turca.


O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirma que a ação militar visa "criar uma "zona segura e evitar a criação de um corredor terrorista ao longo da fronteira".


Donald Trump afirmou que o ataque poderia reacender uma guerra que já se encaminhava para o fim, enviando forças militares para a Síria para combater ataques turcos.


Os únicos países que são a favor do ataque aos curdos foram o Paquistão e o Catar.



Fonte: https://cbsn.ws/32eTz18 e https://bit.ly/2IN4JSQ

1 visualização0 comentário